Publicado em Publicidade / Marketing

Admirar é necessário!

Eu acho muito bonito admirar alguém. Sempre tive admiração pelos meus pais e irmãos, por serem pessoas corretas e amorosas. Sempre tive admiração pelas pessoas com quem me relacionei, pois acho que isso é primordial para um casal. Acho muito importante escolher como amigos pessoas admiráveis, que acrescentam na minha vida. Professores… enfim, é bom estar perto de pessoas que sentimos orgulho e admiração.

Essa semana estava lendo uma entrevista com o publicitário Marcello Serpa, ex-AlmapBBDO, no blog do Pels. Ele falou muitas coisas que me chamaram atenção, principalmente essa aqui:

null

Essas palavras mexeram comigo, pois pra mim são incrivelmente reais! Não dá pra seguir alguém que não admiramos, não dá pra trabalhar bem se estamos ao lado de profissionais ruins, ou com projetos desinteressantes. Eu já trabalhei com pessoas incríveis e com pessoas desestimulantes e faz toda diferença! E o principal: temos que ser admiráveis para outras pessoas!

Pra mim valeu a reflexão.

Leiam a entrevista completa aqui, vale muito a pena!

Publicado em Publicidade / Marketing

Como escolhi minha pós

Eu me formei em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda no final do ano passado. Parar de estudar nunca foi uma opção pra mim, pois eu amo sala de aula e sei que tenho que estar estudando alguma coisa pra me sentir mais feliz.

Durante a faculdade pensei algumas vezes sobre o que eu poderia fazer de especialização ou mestrado e pensava que só decidiria isso quando sentisse alguma necessidade no meu trabalho.
Sempre observei que muitos publicitários terminavam a faculdade e faziam pós em Marketing e admito que via isso com o nariz torcido, pois pensava que as pessoas escolhiam se especializar em Marketing porque “tinham” que fazer uma pós, não sabiam o que fazer e escolhiam algo menos específico. Hoje eu vejo o quanto o meu pensamento era idiota.

Aqui no Brasil não existe uma divisão clara sobre o que é publicidade e o que é Marketing, e todo mundo faz uma confusão sem fim com esse assunto. Acontece que não é a mesma coisa, mas essa confusão toda atrapalha o mercado de trabalho.
Se um publicitário não trabalha em uma agência vai acabar caindo no setor de Marketing de uma empresa qualquer, pois todo mundo acha que não tem problema colocar profissionais de várias outras áreas para trabalhar com Marketing (como se fosse um trabalho muito fácil e que não precisa de conhecimentos específicos). E aí eu descobri o motivo de muita gente fazer Marketing: Quase ninguém sabe o que um publicitário ou um profissional de Marketing faz e as empresas contratam profissionais para vagas sem saber exatamente a qualificação deles, ou a real necessidade da própria empresa. Se for um publicitário trabalhando com isso, como eu, os conhecimentos de Marketing acabam fazendo muita falta! E aí estou eu, como tantos outros, me matriculando em uma pós de Gestão de Marketing para estar mais qualificada para o mercado de trabalho.

Os conhecimentos de Comunicação social e Publicidade + as poucas disciplinas de Marketing que eu aprendi na faculdade + os estudos que eu sempre faço lendo sobre esses assuntos + cursos online e palestras, me permitem realizar um bom trabalho. Porém, ter a oportunidade de estudar formalmente sobre algum assunto é sempre interessante!

Não sei se para pessoas de outras áreas faz muito sentido tudo isso que estou falando, mas eu acho bastante cansativo essa falta de divisão clara dessas profissões. Não estou dizendo que não é possível que um faça o trabalho do outro, dependendo do trabalho é possível sim, pois as profissões são parecidas. Porém, parecido não é igual.
Não estou reclamando de trabalhar com Marketing, eu gosto da área. Para quem não sabe, a Publicidade é uma parte do Marketing. O Marketing engloba muitas outras coisas além da divulgação de produtos e serviços, que é a publicidade. Então eu estudei essa parte do Marketing e agora estudarei mais sobre o restante.

Estou animada para iniciar a pós e acredito que vai me fazer muita diferença como profissional. Mas não desisti da Publicidade! Até hoje sempre fui “cliente”, trabalhando com isso fora de uma agência. Espero algum dia testar o outro lado da moeda pra saber como é trabalhar “sendo realmente” uma publicitária.