Publicado em Livros, Lovely people

Lovely people: Chimamanda Ngozi Adichie

Chimamanda Ngozi Adichie, Hay festival 2012

Chimamanda é uma escritora nigeriana incrível, linda e super talentosa!

Ano passado minha amiga Rayana me mandou uma mensagem dizendo que eu tinha que baixar o livro Sejamos todos feministas, que é uma adaptação de uma palestra dela em um TED em 2012. Baixei e li no mesmo dia e fiquei encantada! Nessa palestra ela fala da diferença de gêneros e das dificuldades de ser mulher de uma forma tão maravilhosa e simples que eu gostaria que todo mundo no mundo ouvisse ou lesse essa palestra, homens, mulheres, jovens e velhos.

chimamanda
instagram.com/anacamina

Eu acabei de ler outro livro dela, o Meio sol amarelo, que conta sobre a guerra civil Nigéria-Biafra. Ler sobre guerras nunca é fácil, mas a leitura é muito boa e nos faz pensar. Com esse livro ela ganhou o prêmio Orange Prize de 2007 para Ficção. Agora estou querendo ler os outros livros dela.

Ser mulher não é fácil, ser feminista não é fácil, imagina ser feminista africana que fala o que precisa ser dito com uma escrita perfeita! Palmas pra você Chimamanda, sou sua fã!

Publicado em Lovely people

Lovely people: Iris Apfel

1429780509464.cached

Quando “conheço” alguém interessante fico obcecada e começo uma busca por tudo sobre essa pessoa.

Recentemente li alguma coisa sobre Iris Apfel e a Netflix colocou um documentário sobre ela na sua grade, então fui assistir hoje. Pronto, já tenho uma nova pessoa para admirar! ❤

Iris é uma senhorinha de 94 anos que trabalhou com decoração junto do seu marido (outro fofo). Também tem trabalhos ligados a moda e arte. O que me deixou mais encantada foi a simplicidade dela, a alegria, o casamento que parece ser cheio de amor, as roupas completamente exageradas e um senso de humor delicioso! Com certeza uma pessoa que eu quero ter como inspiração.

Quem me conhece sabe que eu sempre fui muito discreta, principalmente com roupas e acessórios, mas de alguns anos pra cá estou revendo isso, quero usar mais as roupas pra mostrar melhor minha personalidade e minha forma de ver o mundo (que não são nada básicos). Claro que jamais seria uma Iris, porém dá pra tirar algumas referenciazinhas e encontrar um meio termo.

1526
Assistam “Iris” na Netflix!
iris-apfel-illustration-baba-souk-600
Mais é mais