Publicado em Pessoal

Oi, tudo bem?

 

A vida é cheia de fases, né? Quanto tempo será que podemos considerar como uma fase ruim até pensarmos que não é fase não, é só a vida assim mesmo e é melhor aceitar pra doer menos?

Eu estou em uma fase de intensa mudança já tem uns 3 anos – mudança de casa/cidade/trabalho/pensamentos/crenças/prioridades/etc. Muita coisa boa aconteceu, mas também foi um período muito difícil, de muito sofrimento, depressão, poucos altos e muitos baixos e um intenso fluxo de pensamentos e sentimentos que às vezes é bem sufocante.

Essa semana está sendo uma semana muito estressante por motivo de: clientes sendo complicados + ansiedade com uma coisa que não acontece e está atacando meu emocional e minha gastrite. Cansei de ter paciência, sabe? E aí que quando algum amigo me pergunta como eu estou eu digo: tudo bem e com você?

Além de eu não ter vontade de contar meus problemas pra maior parte das pessoas, quando eu converso com um amigo com quem eu gostaria de contar como estou me sentindo de verdade (= uma bela bosta) o que eu penso é: “deve ter uns 3 dias que eu disse pra essa pessoa que não estava bem, então não vou dizer que hoje não estou bem de novo pra não cansar o ser humano”. E aí eu desisto de dizer como estou de verdade.

Dá uma canseira essa fase, né?
Tô esperando passar e chegar a fase de mais estabilidade e paz interior.

giphy (1).gif
“Eu não sei o que meus sentimentos estão fazendo”
Anúncios

Autor:

Ana Paula Camina, 27, carioca morando em São Paulo, sonha em falar francês.

8 comentários em “Oi, tudo bem?

  1. Oi, Ana! Eu queria poder dizer “eu sei como você se sente”, mas a verdade é que eu não sei. O que posso te dizer é que, não faz muito tempo, passei por uma fase bem intensa também. Inclusive com a ansiedade atacando a ponto de me fazer não poupar quem eu achava que não deveria ser poupado. O que estou dizendo é que é chato sim ficar falando por aí que a gente não está bem. Mas quando necessário e, sobretudo quando se tem alguém disposto a escutar e entender, tem vez que a gente tem que se permitir sim. Felizmente, nessa minha fase, pude contar com três pessoas paras as quais eu dizia “não estou bem” todos os dias. Não achei a coisa mais legal “ter” que fazer isso, mas achei muito bom perceber que eu podia fazer, porque essa pessoa pronta pra ouvir existe. No fim das contas, quem tira a gente do buraco é a gente mesmo, mas faz bem procurar apoio quando se tem 🙂
    Tudo de bom pra você!
    Beijos

    Curtir

    1. Oi Lari! Muito obrigada pela sua gentileza e o carinho! ❤
      Os meus amigos são uns amores, sei que eles não se importam de ouvir o quanto for necessário, mas chega uma hora que cansa até dizer que não estamos bem.
      Mas vai melhorar sim!!!!
      abraço apertado!

      Curtido por 1 pessoa

  2. “deve ter uns 3 dias que eu disse pra essa pessoa que não estava bem, então não vou dizer que hoje não estou bem de novo pra não cansar o ser humano”

    Eu na vida. Por isso to sempre bem rssss
    Sei bem como é ficar assim confusa. Tome seu tempo, se reorganize. =D

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s