Publicado em Morando em pensão

Café com leite da vida

Conversando com uma amiga super querida sobre a vida e as pessoas ela acabou colocando em palavras um pensamento antigo meu: tem pessoas que são café com leite da vida.
E o que seria uma pessoa assim? Aquele tipo de gente que parece que está no mundo para ser figurante; não trabalha, não estuda, não produz, vive muitas vezes na sombra dos pais, não faz nada pra agradar a Deus, só quer sombra e água fresca, não sabe viver em sociedade, e por aí vai. Acha que é café com leite, que pra ele o mundo não é como é para os mortais.

Quem não quer facilidade? Até eu, queridinha! Mas papai e mamãe sempre me ensinaram que na vida nada vem fácil e que temos que batalhar muito. Não é fácil estudar, trabalhar, pagar contas, viver! E além disso, papai e mamãe ensinaram também que educação é importante e primordial para a boa convivência. E tem gente que deixa a vida passar e não entende essas questões.

Ana, querida, por que esse papo agora? Porque eu não consigo escrever mais sobre a pensão, meus queridos. Pois é, muito complicado conviver com as pessoas tão intimamente. Ir na cozinha e esbarrar nos outros, ouvir os outros pelo corredor, ter pessoas tomando conta da sua vida e por aí vai. E ainda tem os loucos que tem umas atitudes inexplicáveis e precisamos nos concentrar para mantermos a paciência e não mandar todo mundo pra onde você quiser.

Quer dizer que eu odeio morar aqui? Não! Mas quer dizer que a pressa de ter minha casa é ainda maior do que antes. E quer dizer que infelizmente pro blog o convívio com os outros seres humanos desse lugar está pouco, portanto dificilmente teremos mais posts sobre isso (a não ser que vocês queiram ouvir umas historinhas meio podrinhas… rs). Mas felizmente para minha tranquilidade eu posso passar muito tempo no quarto bordando, estudando, procurando trabalho, etc, e preciso conviver pouco. É só evitar a varanda.

Desculpem desapontá-los. Mais uma categoria nesse blog que nasce e morre jovem.

IMG_20160106_090744244_HDR
Não se deixem enganar por este lugar bonitinho. Fiquem longe da varanda!!!
Anúncios

Autor:

Ana Paula Camina, 27, carioca morando em São Paulo, sonha em falar francês.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s